0
  • 10% de desconto
    no boleto bancário
    (exceto promoções)
  • 10% de desconto
    via Pix
    (exceto promoções)
  • Frete Grátis para todo o Brasil
    Confira as regras
    (exceto produtos Quater e Colchões)
  • Em até 12x
    no cartão de crédito
    (parcela mínima: R$ 10,00)
  • As marcas
    mais queridas
  • Logo Biramar Kids
  • Logo Laura Ashley
Exclusivo Site
Biramar Baby | Referência: 34522-3085

Almofada de Amamentação para Bebê Plush Benício Personalizado Cinza Mescla

de R$ 302,64 por
R$ 232,80
12x de R$ 19,40 s/juros
ver parcelas
R$ 209,52 à vista no boleto/Pix
CUSTOMIZAR PRODUTO
Digite o nome do seu bebê. (obrigatório)
Máximo de 12 caracteres
Valor total da customização: R$ 0,00
+ -
Você está comprando em nossa Loja Oficial
Produto indisponível
Outras cores

Descrição

Apoio Amamentação Plush Mescla Cinza, personalizada da Coleção Benício. Com enchimento antialérgico em manta acrílica. Perfeito para tornar a amamentação muito mais confortável e prazerosa para você e para o seu bebê.

- com zíper

- com refil


Personalize com o nome do seu bebê.

Produto exclusivo e artesanal com prazo de entrega diferenciado. Após a aprovação do pagamento, conta-se o prazo de fabricação + dias de transporte.

Especificações / Medidas

Produto composto por: 

01 Apoio Amamentação 63cm x 53cm

 

Composição:

Tecido 80% Algodão e 20% Poliéster 

Enchimento 100% Poliéster

 

Observações: 

-Acompanha apenas o item descrito acima, os demais itens são meramente ilustrativos.

-Com zíper.

-Com refil.        

-Medidas podem variar em até 5%.

-As cores podem sofrer variações de acordo com o lote do tecido.    

 

-Não efetuamos troca ou devolução de produtos personalizados.

5 estrelas
(1)
4 estrelas
(0)
3 estrelas
(0)
2 estrelas
(0)
1 estrela
(0)
Pamela Pereira Silva há 2 anos
Almofada de amamentação
Muito bonita, material muito bom. Grande... No meu caso eu mandei escrever Henrique, nome do meu filho, ficou muito bonito...gostei bastante
perguntas
Esse produto ainda não possui perguntas. Seja o primeiro a perguntar